fbpx
About Us
Lorem Ipsum is simply dummy text ofering thetonat sunrising printing and typesetting industry seo is partysipati carma. Lorem Ipsum is simply dummy,
Follow Us
SIGA A VILA NAS REDES SOCIAIS

Blog

Vila São Cottolengo / Cottolengo  / Vila mobiliza equipe e realiza mutirão de exames em 216 internas

Vila mobiliza equipe e realiza mutirão de exames em 216 internas

A Vila São Cottolengo, em parceria com a Faculdade União de Goyazes (FUG), iniciou, nesta segunda-feira (21), o exame preventivo de câncer de colo de útero e ovário e avaliação prévia das mamas em 216 pacientes internas. Os exames, que são feitos anualmente, serão realizados durante esta semana na unidade São Francisco.

A enfermeira responsável pelo projeto, Josiane Gomes da Silva Cabral, afirma que será um mutirão em prol das pacientes internas da Vila São Cottolengo. Estão mobilizados na ação enfermeiros da Vila, cuidadores, estudantes de enfermagem da FUG e voluntários. “É necessário fazer esses exames em nossas pacientes anualmente. Em 2019, escolhemos o mês de outubro por se tratar da época destinada à conscientização ao câncer de mama”, complementa.

 

Orientação aos colaboradores

 

Colaboradoras participando da palestra de prevenção ao câncer de mama e recebendo orientações sobre saúde da mulher

No dia 18 de Outubro, uma manhã de palestras, que abordou a Saúde da Mulher e a prevenção ao câncer de mama, reuniu colaboradoras de diversos setores que se encontraram no Centro Cultural da instituição e esclareceram suas dúvidas sobre câncer de mama e saúde da mulher com as Ginecologistas Drª Barbara Alves Araujo e Drª Marcela Rezende.

 

Segundo a especialista Drª Barbara Araujo, o autoexame é primordial para a prevenção a este tipo de câncer. “A principal recomendação do autoexame das mamas é para se conhecer.  É recomendado fazer esse exame frequentemente, de preferência todo mês, porque à medida que se apalpa a mama no espelho e observa algo diferente do habitual, a pessoa procura imediatamente o ginecologista ou mastologista para investigar essa possível lesão. Descobrir o câncer em uma fase inicial e fazer o tratamento aumentam as chances de cura”, afirma a ginecologista.

 

Além do autoexame, a partir dos 40 anos de idade as mulheres devem fazer, anualmente, a mamografia. Segundo a Mastologista Drª Marcela Rezende, o exame é de suma importância para detectar lesões, que com o toque não podem ser sentidas. “É muito importante fazer a mamografia anualmente após os 40 anos, mesmo que não sinta dor alguma”, reforça a especialista.

 

As colaboradoras que estiveram presentes nas palestras tiveram a oportunidade de esclarecer várias dúvidas e levar o conhecimento obtido para a prática. Patrícia Silva trabalha como Cuidadora e afirma que gostou muito das palestras e vê a preocupação da Vila São Cottolengo com o bem-estar dos colaboradores. “Eu achei muito bom o evento, tivemos a oportunidade de esclarecer várias dúvidas. Eu acho muito importante tratar desse assunto e cuidar do bem estar de cada um, e pude adquirir novos conhecimentos”, destaca a colaboradora.

 

Câncer de mama no Brasil

 

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) prevê 59.700 novos casos de câncer de mama em 2019. De acordo com o instituto, o Brasil está na segunda faixa mais alta de incidência de câncer de mama entre todos os países pesquisados, no entanto, a taxa de mortalidade no país, decorrente desta doença, é uma das menores do mundo, sendo 13 casos por 100 mil habitantes. Essa realidade deve-se a trabalhos de conscientização como o realizado na Vila São Cottolengo.

 

Assista ao vídeo:

Sem Mensagens

Deixe uma Mensagem